Venda Infantil: Como a venda afetiva pode alavancar sua loja de confecção

Você já utiliza do marketing afetivo para impulsionar uma venda infantil em sua loja de confecção?

Pode até ser que você nunca tenha ouvido falar das técnicas que envolvem esta estratégia, mas ter conhecimento sobre ela pode ser o diferencial que faltava para envolver mamães e seus filhos impulsionando as vendas no seu negócio.

Marketing afetivo: o que é 

Antes de querer aplicá-lo e usufruir de seus benefícios em sua loja de confecção para impulsionar a venda infantil, é importante que você entenda o que é o marketing afetivo.

Nem público-alvo, nem target, nem persona… Pessoas! O primeiro passo para entender esta estratégia e utilizá-la a favor do seu negócio é entender que você está lidando com pessoas. Cada uma com histórias, valores, sentimentos e conexões únicas. Entendê-las, mesmo que em poucos minutos durante o atendimento em sua loja de confecção, fará toda a diferença. (Inclusive, nós até já publicamos um artigo com uma pesquisa sobre o comportamento de consumo das mães brasileiras, você pode dar uma olhada aqui neste link).  

Para a venda infantil, por exemplo, é preciso considerar que, apesar de o decisor ser a mãe ou o pai da criança, ela também é importante para influenciar a compra. Neste sentido, é importante que você considere os sentimentos, necessidade e desejos também dos pequenos.

Aqui, o marketing sensorial é um grande aliado. Ele ajudará você e seus vendedores a recriar memórias e estabelecer vínculos promissores para a negociação. As ações possíveis envolvem os cinco sentidos: tato, olfato, paladar, visão e audição.

A escolha de quais deles utilizar para gerar vínculo, prender a atenção ou mesmo reter seu cliente na sua loja de confecção por mais tempo dependerá de sua infraestrutura e investimento.

Um cheiro característico; experiências interativas para as crianças enquanto seus pais estão em busca de determinado produto; uma música que envolve os papais e/ou os pequenos; degustações… São várias as possibilidades que te ajudarão a criar um vínculo afetivo que te conecta com seu cliente, impulsiona a venda infantil e deixa a sua marca na memória do consumidor.

Se você possui apenas loja virtual de confecção infantil, também pode lançar mão da  venda ou (ou marketing) afetiva. Publicações nas redes sociais, newsletter, dentre outras ferramentas e canais podem favorecer estas conexões para o aumento das vendas.

Apoio a causas, compartilhamento de valores, associação de assuntos em pauta com o posicionamento de sua marca e outras ações que fomentem a criação de laços ou remetem a lembranças são o caminho.

Além das vantagens diretas, que beneficiam a venda infantil em sua loja de confecção, existe também os resultados indiretos apresentados: a indicação para outras pessoas ou marketing boca a boca.  Afinal, boas experiências, memórias e lembranças são sempre compartilhadas!

Como impulsionar a venda infantil com o marketing afetivo

Agora que você já entendeu o contexto e a aplicabilidade do marketing afetivo, é hora de entender como colocar em prática a estratégia para impulsionar a venda infantil em sua loja de confecção.

Atendimento diferenciado

Como é o atendimento em sua loja? Nos dias de hoje, ter um bom atendimento deixou de ser diferencial para ser mandatório. Contudo, buscar recursos que propiciem a diferenciação, criando um vínculo afetivo, pode fazer toda a diferença na venda infantil.

Entender a unicidade de seu cliente, suas necessidades, o que ele busca e como tocá-lo é indispensável. Contudo, quando se lida também como  público infantil, cativar os pequenos consumidores pode gerar um vínculo ainda maior.

O que você tem proporcionado à sua clientela mirim? Existe um espaço na loja ou ações preparadas para recebê-los e entreter as crianças, fazendo com que eles se sintam mais que à vontade no ambiente? Suas ações passam confiança para os pais a ponto de cativá-los pelo bom tratamento dado aos seus filhos?

Você faz com que as crianças não queiram deixar a sua loja ou estimula para que elas peçam para retornar? Compreende de fato o que seus pais procuram e demonstra produtos certos para o que buscam, mostrando o impacto afetivo que eles geram?

A venda infantil já traz consigo diversos fatores de afetividade que são estimulantes. A espera de um filho ou seu desenvolvimento são fases marcantes, e os pais não costumam se opor aos produtos e serviços que auxiliem na criação destas lembranças. Use isso a seu favor! 

Um bom exemplo de como o afeto e emoção impacta nas vendas é o sucesso do nosso produto Dental Album, isso porque ele conecta diretamente com a fase de queda dos dentinhos das crianças e com o desejo das mães em reter essa lembrança. 

Treine sua equipe, tanto no quesito da empatia quanto no conhecimento dos produtos que você vende. As roupas de sua loja de confecção serão utilizadas em momentos especiais por si só. Os demais produtos que você comercializa em conjunto a elas deve apoiar as fases da criança, focando nos momentos memoráveis que papais e mamães viverão.

Isso vale também para a linguagem que é utilizada por sua equipe com cada um deles. Tom de voz e palavras certas geram simpatia e criam vínculos. Sensibilidade e tato para lidar tanto com a criança quanto com seus pais é indispensável!

Melhore a interação com seus clientes, on e offline

É importante frisar que a venda que ocorre em sua loja de confecção não se inicia e tampouco termina nela. A aquisição é o meio do processo, sendo o pré (ações de marketing) e o pós (ações de relacionamento) vendas indispensável para a rentabilidade do seu negócio.

Ter canais de comunicação direta, responder a comentários nas redes sociais, promover eventos e outras experiências favorecerão a ida do seu cliente em sua loja bem como seu retorno.

Disponibilize experiências sensoriais

Lembra que falamos sobre marketing de sensorial (de experiência)? Utilize-o! Crie uma playlist adequada para agradar os pequenos; coloque um cheirinho que remeta à infância na loja; ofereça biscoitinhos e sucos para seus pequenos clientes – e seus pais; disponibilize uma área para que as crianças brinquem em segurança enquanto os papais e mamães buscam pelo produto ideal com a ajuda de suas vendedoras; etc.

Não é preciso ter todo o dinheiro do mundo. Pequenos investimentos são suficientes para impactar a venda infantil de sua loja de confecção.

Ações, promoções e estratégias de fidelização 

Aposte nas promoções para atrair uma nova clientela ou estimular que seus consumidores retornem. Reserve uma verba de marketing para ações que envolvam mamães e seus filhos, gerando memórias afetivas positivas que engajam.

Programas de fidelidade com marcas parceiras também são efetivos e, apesar de parecerem dicas tradicionais já utilizadas por grande parte das empresas, pensar fora da caixa para inovar é um caminho para aproveitar os laços e vínculos possíveis.

E aí, você já utiliza do marketing afetivo para impulsionar a venda infantil em sua loja de confecção? Conte-nos quais são os seus maiores desafios. Podemos te auxiliar com dicas para alavancar o seu negócio!

Comentários
Compartilhe: