Loja de puericultura infantil: Como vender mais para mamães

puericultura infantil

Lojas de puericultura infantil têm suas peculiaridades. Para estimular as vendas nelas é importante conhecer a fundo o perfil de suas clientes, levando em consideração o momento de cada uma das mamães e, claro, a necessidade de seus filhos.

As mães de primeira viagem têm necessidades e consumo diferentes daquelas que passam por uma nova gestação. Afinal, o pouco conhecimento sobre a maternidade, mesmo com recomendações próximas, além do entusiasmo pelo primeiro filho, acabam gerando interesses distintos.

Enquanto isso, as mães que se preparam para uma nova gestação, já sabem o que comprar e, em muitos casos, têm certa parte do enxoval para o estágio puericultura, precisando repor alguns itens, mas se dedicando à compra de itens diferenciados.

Confira nossas dicas para vender mais para mamães em sua loja de puericultura infantil:

Descobrindo o perfil das clientes de sua loja de puericultura infantil

Este é um ponto de grande importância para o sucesso das vendas em sua loja. Como falamos, existem perfis distintos de consumo entre mamães de primeira viagem e aquelas que já estão em uma nova gestação.

Para descobrir qual o perfil da cliente que você está atendendo, algumas ações são recomendadas. Em lojas físicas, por exemplo, uma conversa entre vendedores e mamãe, de forma espontânea e informal, pode contar muitos pontos para realizar vendas consultivas em lojas de puericultura infantil.

Para estabelecimentos on-line, o cadastro por meio de formulários e a análise dos hábitos de compra somam pontos a favor das recomendações adequadas. Tanto a atualização de dados quanto as indicações podem ser feitas de forma automatizada, utilizando tecnologias como Chatbots, por exemplo – que podem ser desenvolvidos de forma gratuita e incorporados em plataformas como Facebook Messenger, site e o WhatsApp, por exemplo.

O importante em conhecer bem a sua potencial cliente valerá para definir estratégias de vendas, identificar a linguagem adequada para a abordagem e, é claro, recomendando produtos que irão suprir as necessidades que elas possuem.

Pode até parecer um mero detalhe, mas é muito mais fácil ganhar um cliente pela empatia que indicando produtos genéricos que elas podem até já ter ganhado!

Disponibilize listas e serviços úteis às mamães como estratégia de atração

Chá de bebê, chá revelação e chá de fraldas são eventos comuns realizados pelas mamães. Aproveite estas oportunidades para auxiliá-las na construção das listas de presentes, incluindo os produtos de sua loja como necessidade.

Esta dica também cabe à construção da lista do enxoval da criança, incluindo a parte da maternidade. Com o conhecimento adquirido no auxílio à gestação de suas clientes, compartilhe as dicas de forma a atrair uma nova clientela que terá sua loja como referência para presentear mamães e seus filhos durante fase de puericultura.

Além de estreitar o relacionamento com a futura mamãe, fidelizando para novas compras – seja para ela ou para presentear suas amigas que também serão mães, você atrai mais clientes para a sua loja que, em breve, poderão se tornar clientes com seus próprios filhos.

Aposte em treinamento para vendas consultivas

Como falamos anteriormente, tomar conhecimento sobre perfil das mamães que frequentam ou se interessam por sua loja de puericultura conta muitos pontos. Contudo, pouco adiantará se aprofundar neste perfil se a informação adquirida não for usada de forma estratégica.

Neste sentido, investir em treinamento para a sua equipe de vendas faz toda a diferença. Trocar o modelo de recomendação de produtos tradicional pela análise de problemas e as indicações para solucioná-los é um excelente caminho.

As chamada vendas consultivas representam as vendas que tiram o foco direto do produto, olhando para a solução. Ou seja, se uma cliente chega à sua loja informando que é mãe de primeira viagem, antes de recomendar a compra do enxoval, compartilhe com ela experiências de compras de outras mamães, uma lista com os itens de necessidades básicas e suas quantidades é um bom caminho.

Oferecer o produto certo faz toda a diferença. Entender o que a mamãe já possui em casa, dar dicas sobre preparação gestacional, dentre outros assuntos do universo correlacionados gera proximidade e, consequentemente, impulsiona as vendas.

O atendimento ao cliente faz toda a diferença. Saiba aproveitar o momento de euforia para recomendações de uso que vão além da compra momentânea, mas que em um segundo momento podem gerar recomendações e até mesmo a busca por sua loja de puericultura infantil em outras gestações ou oportunidades.   

Mantenha um pós-vendas ativo em sua loja de puericultura

Ao contrário do que muitos lojistas pensam, as vendas não terminam no ato do pagamento. Pelo contrário! Com um cliente já satisfeito, é muito mais fácil emplacar novas aquisições. Por isso, tenha uma estratégia de pós-vendas ativa.

Com base nos produtos levados para casa, recomende itens complementares. Com os dados sobre o estágio da gravidez de sua cliente, indique itens necessários aos próximos estágios. Quando realizada uma segmentação adequada, as chances de obter novas vendas sem um investimento de aquisição alto é considerável!

Você pode realizar este pós-vendas por meio de uma newsletter com produtos segmentados para o estágio de gestação ou idade dos seus filhos. Pode utilizar o WhatsApp para enviar novidades em produtos e também em informações úteis que possam estimular novas necessidades – ou desejos.

São diversas as possibilidades, mas o mais importante é manter o relacionamento para além das recomendações de produtos de puericultura. Que realmente demonstre como você está ali para ajudá-la a esclarecer suas dúvidas nesta etapa e que possui conhecimento no assunto.

Isso gerará a confiança necessária para que você venda mais para as mamães não apenas enquanto estão em sua loja, mas em todos os momentos que ela sentir necessidade de algum item.

Realize eventos para atrair novas mamães, demonstrar seu estabelecimento e incentivar as compras

Uma excelente forma de levar novas mamães à sua loja de puericultura é realizando eventos. Neste caso, não falamos sobre lançamento de coleções. Nesta fase, as mães buscam por conhecimento.

A dica é usar seu espaço para convidar profissionais especializados que possam auxiliar a mulher durante o período de puericultura. Ou seja, pediatras, obstetras, workshops sobre a rotina da futura mamãe e de seu bebê.

Uma vez em sua loja para isso, estas mães terão contato direto com seus produtos e irão aliar o conhecimento que adquiriram às necessidades de compra. Ponto para o seu negócio que ajudou um consumidor e ainda conseguiu realizar novas vendas!

Você já coloca em prática as ações que recomendamos para vender mais para mamães em sua loja de puericultura infantil? Aproveite para compartilhar com a gente as suas dúvidas. Elas podem ser assunto para um novo post aqui no blog da Angie!

Comentários
Compartilhe: