6 maneiras de aumentar a lucratividade da sua revenda de roupa infantil sem subir os preços

Você possui um negócio de revenda de roupa infantil, gostaria de aumentar sua lucratividade, mas quer evitar subir os preços para não impactar no relacionamento com seus atuais clientes?

Parece algo complexo, mas não é. Existem diversas estratégias que podem te ajudar a ter um negócio mais rentável sem alterar a precificação de seus produtos. Para te ajudar, selecionamos as principais delas:

Amplie o mix de produtos de sua revenda de roupa infantil

Não é porque você atua no nicho de revenda de roupa infantil que você não pode diversificar suas ofertas de produto. Pelo contrário! 

Agregar novos itens para sua clientela pode favorecer bastante o seu negócio, desde que estes novos produtos sejam direcionados para público de perfil e com interesses similar. Além de trazer mais receita, você ainda se beneficia com o impacto das novidades e da diversidade para atrair um novo público.

Invista na divulgação dos seus produtos

O marketing precisa ser pensado como investimento, ou seja, apesar de gerar um custo, este retornará como novas vendas. Por isso, é importante ter uma verba mensal destinada à criação de campanhas e, claro, promoções.

Não adianta ter a melhor loja, produtos e atendimento do mundo se você não tiver clientes. Por isso, você precisa cuidar para que os seus clientes atuais propaguem o seu negócio demonstrando toda a qualidade que oferece, e também que novos potenciais clientes tomem conhecimento de que a sua loja existe.

Neste sentido, utilizar dos canais digitais pode ser uma excelente ideia para promover sua revenda de roupa infantil e os demais produtos que você agrega em seu mix. 

As redes sociais, por exemplo, têm uma grande quantidade de usuários que podem se tornar seus clientes. Criar conteúdo para atração orgânica e campanhas de mídia com a segmentação adequada pode gerar excelentes resultados de negócio. E isso não diz respeito apenas às lojas virtuais.

Uma outra vantagem das campanhas digitais é que não é exigido um investimento mínimo para começar os trabalhos, mas certamente o potencial de resultados varia conforme a verba estipulada.

Para completar, diferentemente de grande parte das ações offline, as campanhas digitais permitem mensurar com mais efetividade o retorno no investimento realizado. Você não consegue mensurar quantos clientes um outdoor ou um anúncio em uma revista te trouxe, mas poderá saber exatamente quantos clientes vieram à sua loja e realizaram uma compra com um anúncio no Instagram, por exemplo.

Conheça bem o seu estoque para acertar nos pedidos e melhorar a lucratividade 

O estoque de uma revenda de roupa infantil não pode ser definido apenas pelos seus interesses ou o que supõe ser a necessidade dos seus clientes. Dados devem guiar suas decisões e, nesse sentido, é indispensável um controle de estoque eficiente.

Quais produtos têm mais e menos saída? Qual a margem de lucro de cada produto? Contemplar este conhecimento nas definições é o primeiro passo para ter mais sucesso nas vendas, fazer a reposição adequada e precificar de forma lucrativa.

Nesse sentido, é importante:

  • Garantir os produtos com alto giro sempre em estoque;
  • Reduzir a compra e estoque de produtos que demoram a sair;
  • Extinguir a compra de produtos que não têm saída;
  • Realizar promoções estratégicas para dar giro aos itens de pouca saída;
  • Priorizar produtos que possuem uma margem de lucro maior;
  • Utilizar o poder de barganha com fornecedores que você compra com maior frequência;
  • Analisar o histórico de vendas para projetar compras mais eficientes;
  • Buscar sempre novos fornecedores para testar o impacto de sua loja e tomar decisões mais acertadas.

Revise os custos fixos do seu negócio

É muito comum buscarmos soluções para aumentar a lucratividade dos negócios pensando em ampliar ações, como as dicas que demos, por exemplo: aumentar o mix de produtos, margem de lucro, preço, etc. 

Contudo, existe um trabalho interno que pode também ser bastante favorável para se ter um negócio lucrativo, e que é também uma premissa para qualquer rentabilidade (seja pessoal ou de sua empresa): avaliar os custos atuais e identificar o que pode ser cortado, reduzido, melhorado, renegociado ou mesmo ter um novo fornecedor mais barato.

Por isso, antes mesmo de tentar aumentar o lucro tendo as suas vendas como base, inicie um trabalho de análise sobre o que é dispensável ou merece uma atenção para redução dos custos e, assim, ter um negócio mais rentável.

Amplie e diversifique as opções de pagamento  

Uma dica também simples, porém muito efetiva, é revisar quais são os meios de pagamento possibilitadas aos seus clientes. É bastante comum a perda de vendas, que impacta diretamente na lucratividade de sua revenda de roupa infantil, por disponibilizar poucas ou restringir as opções de pagamento.

Além disso, não se esqueça de avaliar as taxas praticadas pelas intermediadoras de pagamento do seu negócio. Custo unitário por boleto e percentual pago por transação, por exemplo, podem onerar sua operação e, consequentemente, reduzir a sua lucratividade.

Tenha sempre novidades no seu mix de produtos

Já falamos anteriormente sobre a importância da diversificação do mix de produtos de sua revenda de roupa infantil. Aqui, o ponto é outro: o papel das novidades constantes para seus clientes.

Os lançamentos sempre trazem olhares curiosos e servem como chamariz para que seus consumidores frequentem sua loja. Com esta oportunidade, vem a chance de vender não apenas este novo item, mas também estimular a compra de novos produtos, impulsionando o seu ticket médio e, consequentemente, a sua lucratividade.

Aqui na Angie Oral Care, por exemplo, temos um case de sucesso de um parceiro utilizando dessa estratégia com o  Dental Album, conseguiu exatamente isso. Por ser um produto totalmente inovador e de baixo custo, propicia uma alta margem de lucro e sempre chama a atenção de novos consumidores, levando ao resultado de sucesso.

Viu como existem diversas formas de aumentar a lucratividade da sua revenda de roupa infantil sem subir os preços dos produtos que você comercializa? E essas são apenas seus delas!

Você tem dúvida sobre como colocar alguma dessas dicas em prática? Aproveite o espaço destinado para comentários abaixo e compartilhe-as conosco. Elas podem ser tema para um novo encontro aqui no blog!

Comentários
Compartilhe: